segunda-feira, 15 de abril de 2013

BOLO DE CENOURA LIGHT


PARA A MASSA
Ingredientes
2 cenouras grandes
2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
1/2 xícara (chá) de adoçante em pó do tipo granular
1 colher (sopa) de fermento em pó 
4 ovos 
1/2 xícara (chá) de óleo 
Modo de Preparo
1. Preaqueca o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma assadeira com margarina e polvilhe com farinha de trigo. 

2. Peneire a farinha de trigo, o fermento e o adoçante. 

3. Limpe as cenouras e corte em pedaços. 

4. No liquidificador, coloque a cenoura, os ovos sem as cascas e o óleo. Bata até obter um creme homogêneo. 

5. Transfira o creme do liquidificador para uma tigela. Junte os ingredientes peneirados, aos poucos, e mexa bem com uma colher. 

6. Na fôrma untada, coloque a massa e leve ao forno para assar por 50 minutos. Para verificar se o bolo está assado, espete um palito. Se o palito sair limpo, está pronto. Retire do forno, deixe esfriar por alguns minutos e desenforme sobre um prato.

PARA COBERTURA
Ingredientes
3 colheres (sopa) de cacau em pó 
2 colheres (sopa) de adoçante em pó do tipo granular
1/2 xícara (chá) de leite desnatado 
1 colher (sopa) de margarina light
Modo de Preparo
Numa panela pequena, coloque todos os ingredientes e leve ao fogo baixo. Mexa por 3 minutos ou até que a calda comece a engrossar. Retire a panela do fogo e despeje a cobertura no bolo.




Torta de Banana


INGREDIENTES:
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de manteiga
1 ovo
1 colher(café) de sal
1 1/2 de leite
3 1/2 xícaras de farinha de trigo
6 bananas
Açúcar e canela em pó a gosto
1 colher (chá) de fermento

MODO DE PREPARO:
Misture bem o açúcar com a manteiga
Depois junte o ovo e mexa
Acrescente o sal, o leite e despeje aos poucos a farinha de trigo, sem parar de mexer
Por último misture o fermento
Unte a assadeira com manteiga e farinha
Despeje a massa e va espalhando com a mão, grudando a massa nas laterais
Corte as bananas em tiras e colocando por cima da massa em sentido do comprimento
Polvilhe com açúcar e canela
Leve para assar em forno quente até dourar




domingo, 7 de abril de 2013

PÃO INTEGRAL COM ALECRIM



Ingredientes
2 ramos de alecrim
1 xícara (chá) de água morna
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
10 g de fermento seco para pão
3 colheres (sopa) de azeite
óleo de canola para untar
sal a gosto


Modo de Preparo
1. Desfolhe um dos ramos de alecrim e reserve.
2. Numa panelinha, coloque a água e o ramo inteiro de alecrim. Leve ao fogo médio e, quando ferver, desligue. Retire o alecrim.
3. Numa tigela grande, misture bem as farinhas e o fermento. Faça um buraco no centro, acrescente a água morna, o azeite e o sal. Trabalhe a massa do centro para fora, incorporando os ingredientes até formar uma bola.
4. Sob uma superfície enfarinhada, sove a massa de pão por 10 minutos até ficar lisa e elástica. Faça uma bola com a massa.
5. Unte o fundo de uma tigela grande com azeite. Coloque a massa e pincele-a com um pouco de azeite. Cubra com um pano de prato limpo e deixe crescer por 1 hora ou até dobrar de tamanho.
6. Transfira a massa crescida para uma superfície enfarinhada e aplaine com os dedos. Salpique com as folhas de alecrim. Dobre a massa e sove-a até que as folhas estejam uniformemente distribuídas. Modele o pão em formato ovalado com cerca de 25 x 10 cm.
7. Unte uma assadeira grande com óleo. Transfira a massa para a assadeira e faça cortes superficiais no sentido da largura do pão. Pincele com o azeite de oliva restante, cubra e deixe crescer por 30 minutos.
8. Preaqueça o forno a 180°C (temperatura média).
9. Pincele o pão com mais azeite e leve ao forno para assar por cerca de 35 minutos ou até que esteja dourado. Para verificar se está assado, bata na parte de baixo do pão (como se estivesse batendo numa porta) e observe se produz um som oco. Caso contrário, deixe assar mais um pouquinho. Quando pronto, coloque o pão sobre uma grade e deixe esfriar.
Fonte:http://panelinha.ig.com.br 

sábado, 6 de abril de 2013

Conheça a Sharefood, uma rede social para amantes de gastronomia

Uma nova rede social, totalmente brasileira, acaba de ser lançada e já é destaque da AppStore, da Apple. A Sharefood é totalmente voltada para os amantes de gastronomia e tem potencial para figurar entre os destaques deste ano. Pelo número de posts no Facebook e Instagram sobre comida, a área parece bastante promissora para ser explorada.
Desenvolvida pela startup Appsmobile, a rede está disponível por enquanto apenas para dispositivos com iOS, gratuito. “O Sharefood é voltado para todos os estilos de gastronomia, sejam foodies, gourmets, cozinheiros amadores, adeptos da junkie food, enfim não há limites de estilos, gostos e preferências. O ponto em comum é o desejo de conexão com outras pessoas para compartilhar ou pesquisar fotos, descrições e comentários sobre pratos e bebidas, receitas ou ainda indicar ?" ou não ?" restaurantes, bares e cafés de todo o mundo”, diz a empresa sobre a rede social.
O usuário consegue ainda explorar todo o conteúdo, buscando receitas, dicas de lugares, avaliações, entre outros, através de hashtags, nomes dos usuários e pela busca de palavras-chave como ingredientes, lugares e restaurantes. Outro mote da rede é seguir usuários que compartilham o mesmo interesse, como veganismo ou churrasco, por exemplo.
O Sharefood também está integrado ao Facebook. “O Sharefood possibilita marcar uma experiência como negativa, que é mais um diferencial em relação às redes sociais. Ativo e realista, poderá servir, futuramente, como fonte primária de dados para pesquisa de avaliação dos estabelecimentos”, disse por email, Marcos Trinca, um dos desenvolvedores. Baixe o app pela iTunes.

                                              Veja o Vídeo Abaixo:


                                                 Fonte:SharefoodApp

15ª FESTA DO MAR

De 27 de março a 07 de abril, a Festa do Mar vive a sua 15ª edição. Promovida pela Femar – Agência de Desenvolvimento, a Festa registra um público superior a 200 mil visitantes, sendo realizada em parceria com a Prefeitura do Rio Grande e a Superintendência do Porto do Rio Grande (SUPRG). O evento possui ainda o patrocínio da Petrobras/Governo Federal, Nova Schin, Banco Banrisul, Caixa Econômica Federal, Farmácias Associadas, Refinaria de Petróleo Riograndense, Unimed, Embrasmaqui, Supermercados Guanabara, CDL Rio Grande, Tecon e Hamburg Süd.

Desde sua concepção em 1961, a Festa do Mar é o evento que melhor representa a identidade e o contexto histórico de seu povo. E isto está presente nas temáticas de cada edição. A Festa de 2013 aborda como tema a vida no Estuário da Laguna dos Patos, "No encontro das águas, um berçário do Atlântico Sul", oportunizando um importante espaço para as discussões sobre as ações de sustentabilidade do Município e também sobre a vasta biodiversidade da Laguna dos Patos.
Com isto, a direção da Festa do Mar visa despertar nos milhares de visitantes, das mais diferentes faixas etárias e vindos de várias regiões do Estado, uma consciência ecológica e um compromisso ambiental.
“Falar de sustentabilidade é olhar para o todo, olhar para o que queremos para o nosso futuro. A palavra que sempre me vem em mente é qualidade de vida. A discussão sempre gira em torno disso”, salienta o presidente da Femar, Márcio Pereira das Neves.
Realizada tradicionalmente desde 1992 na Páscoa, a próxima Festa, ao invés de encerrar, se iniciará neste período. A decisão faz parte de uma estratégia adotada pela diretoria e visa atrair os visitantes até o evento, já que a Páscoa de 2013 começa no dia 31 de março. Além disso, o evento passa de onze para 12 dias de realização.
“Esta é uma Festa de expressão da cidade do Rio Grande. É onde o povo e toda a comunidade tem o prazer de participar, de ir até ela e receber os turistas que aqui chegam. É um momento de alegria, mas também de desafios, em que precisamos contar com o apoio e o envolvimento de todos”, ressalta o presidente da Femar.

Como chegar: saindo de Porto Alegre 
 — Pela estrada Rio Grande-Pelotas (BR-392): sair em direção a Guaíba e pegar a estrada Eldorado do Sul-Pelotas (BR-116). Vantagem: caminho direto, estrada acessível. Desvantagem: são cinco pedágios, que oneram a viagem em cerca de R$ 60. 
— Pela estrada Palmares do Sul-São José do Norte (BR-101): sair pela estrada Viamão-Palmares do Sul (RS-040) e seguir rumo a São José do Norte (BR-101). Vantagem: pouco movimento, estrada nova, sem pedágios. Desvantagem: dependência de balsa para chegar a Rio Grande (serviço apenas diurno).
OS AMBIENTES DO EVENTO
Pavilhão do Estuário
Museu do Porto, administrado pela SUPRG - Armazém 1
Exposições
Expoútil 1 - Armazém 2
Expoútil 2
Armazém do Imóvel - Armazém 3
Museu Náutico, administrado pela FURG - Armazém 4
Restaurante Executivo e Beco do Gourmet
Expoveículos
Espaço Náutico
Multipalco
Recreação infantil
Teatro – Armazém 5
Gastronomia
Palco de Shows

MEMÓRIA
A 1ª Festa do Mar ocorreu em novembro de 1961; voltou depois em novembro de 1965, e, após um recesso de 27 anos, retornou em abril de 1992, para viver a 3ª edição – já no período da Páscoa. Um ano depois, em 1993, a Festa voltou a ser realizada, sendo, a partir deste ano, editada bianualmente até o ano de 2011 - ano de seu cinquentenário.


FEMAR - AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO
Apesar de muitos relacionarem o nome Femar a Festa do Mar, seus significados são distintos. A Agência, denominada primeiramente de Sociedade Promotora da Festa do Mar (1992), foi habilitada em 2003 como uma “Agência de Desenvolvimento”, com o objetivo de promover a cultura e fomentar o desenvolvimento regional. Entre os seus principais projetos está à realização da Festa do Mar, e, desde o ano de 2011, a Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, em São José do Norte, cidade irmã de Rio Grande.
Qualificada como produtora cultural, a Femar foi enquadrada em 2007, pelo Ministério da Justiça do Brasil, como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP). O título oportuniza o fortalecimento de parcerias e convênios com todos os níveis de governo e órgãos públicos (federal, estadual e municipal), e entidades privadas, permitindo que doações sejam realizadas por empresas, podendo seus investimentos na Festa ser descontados em seu imposto de renda.

Os 10 presidentes
- Antônio Mendes Neto (1961)
- Didio de Campos Duhá (1965)
- Vidalberto Canto da Rosa (1992)
- Herman Werner Hädrich (1993)
- Clóvis Klinger (1995)
- Sérgio Divério (1997)
- Romero Tadeu Lenzi (1999)
- Luiz Fernando Signorini (2001, 2003)
- Orion Sebastião Alves Ribeiro (2005, 2007 e 2009)
- Márcio Pereira das Neves (2011, 2012 e 2013)
Soberanas
A  Corte da Festa do Mar já foi representada por 15 rainhas e 35 princesas - somando as oito da primeira edição (1961) e o título de “estrela do mar” da segunda (1965). Confira  quem foram as representantes de cada edição.
1961: Rainha Vera Corrêa Mendes - As 8 princesas: Maria de Lourdes Rocha, Eliane Braunstein, Maria Luiza Farinha, Vera Márcia Figurelli, Nely Kerchner, Sônia Martins Costa, Maria Helena Pinto Pereira e Norma de Lucia Ferreira.
1965: Rainha Maura Blota Bussoletti e a "estrela do mar", Rosa Helena Dapuzzo
1992: Rainha Gláucia Bengert, Cláudia Zunino (1ª princesa), Ângela Marques Oliveira (2ª Princesa)
1993: Rainha Eliane Almeida Soares, Tatiana Pimpão (1ª princesa) e Letícia Tourança (2ª Princesa)
1995: Rainha Renata Castanheira e as princesas Ivana Goulart e Thaís Ruiz
1997: Rainha Mônica Casartelli e as princesas Elisângela Macedo e Valdirene Medeiros
1999: Rainha Aline Araújo da Silva e as princesas Fernanda Freitas dos Santos e Viviane Marques Antunes
2001: Rainha Ana Lúcia Pires e as princesas Lívia Castro d’Ávila e Indian Enke
2003: Rainha Michela Ribeiro Espíndola e as princesas Karina Larralde e Anageri Vasconcelos
2005: Rainha Ana Paula Cardoso da Silva, Daiane Silva Lima (1ª princesa) e Bruna Timm Stern (2ª princesa)
2007: Rainha Aline Antunes, Camila Pinho (1ª princesa) e Greice Retzlaff (2ª princesa)
2009: Rainha Bruna Cipolatti Lopes, Angélica Souza de Souza (1ª princesa) e Lívia Kirst Silva (2ª princesa)
2011: Rainha Cíntia Duarte Mirco e as princesas, Caroline Soares Gonçalves e Gabriela Lima Gonçalves
2012: Rainha Gabriele Mendonça e as princesas, Carolina Paiva Mendonça e Thaís Bandeira D’àvila
2013: Rainha Mariana Schneider e as princesas, Maiza Vanzelote e Priscila Estabel.


Tendências Gastronômicas para 2013

(Foto tirada por Papini at the Pianacci)

O site terra.com fez uma seleção de apostas  de produtos e ingredientes que serão tendência no mundo gastronômico no ano de 2013, não deixe de conferir a seleção:

- Cachorro-quente gourmet
Há alguns anos, restaurantes chiques começaram a servir hambúrgueres. Em 2013, será a vez de o cachorro-quente ter uma versão gourmet e ganhar uma série de combinações. No Bubbledogs, em Londres, o lanche é servido com champanhe.

- Polvo
Se você gosta de saborear lula, provavelmente vai gostar de polvo. Em 2013, o prato promete ganhar força em países da Europa , já que a carne é um pouco mais doce e barata que a de lula. Vale lembrar que, se for fazer em casa, é preciso tomar cuidado: polvos tem uma bolsa que libera tinta quando se sentem ameaçados. Peça para um profissional prepará-lo.

- Barras de bacon
As tradicionais barras de chocolate com caramelo devem ganhar uma versão salgada. Nos Estados Unidos, já são fabricados sabores de bacon, pipoca e toucinho. Pode parecer estranho, mas as barrinhas podem virar tendência em 2013, tanto que, durante seu programa de culinária, Nigella Lawson ensinou a fazer brownies de bacon.

- Chocolates decorados
Para os amantes de doces, a boa notícia é que os chocolates decorados virarão tendência em 2013. Em Paris, a Patisserie Fauchon oferece opções com imagens da Mona Lisa, animal print ou bolinhas.



Rio Gastronomia 2013

Gastronomia
Onde: Rio de Janeiro, RJ
Quando: 16/08/2013 - 26/08/2013

Sobre o Evento
O Rio Gastronomia traz o melhor da arte culinária, reunindo aulas ministradas por chefs consagrados, shows culturais, programação infantil e muito mais! O evento celebra a diversidade da culinária e da cultura carioca, apresentando uma comilança regada à muita música e história.
O evento faz  parte de um roteiro gastronômico invejável, que os cariocas e visitantes podem se deliciar a vontade!
Em 2013 o evento chega a sua 2ª edição com chefs de 432 bares e restaurantes preparando pratos exclusivos para o evento. O público identifica as casas participantes por meio de sinalizações específicas em cada estabelecimento. Além de gastronomia, a programação conta ainda com apresentações de grupos musicais e escolas de samba do Rio de Janeiro, exibição de filmes na Casa de Cultura Laura Alvim e encontro literário.

Edição 2012 
O Guia Cuca é um portal onde você encontra lazer, entretenimento e conhecimento.Seja bem vindo ao Guia Cuca - Cultura e Curiosidades! A gente compartilha, você curte! Curta nossa página no facebook e também o vídeo de apresentação do site!

Local
Jockey Club
Rua Jardim Botânico, 1003 , Gávea - 22470051 
Telefone: (21) 2239-1749 
Site: Jockey Club Brasileiro

Programação do Evento
Em breve!
Dicas / Curiosidades
Também faz parte do evento, o projeto Pelas Ruas do Brasil, que oferece a partir de 22 de agosto, quitutes típicos a preços acessíveis em quiosques espalhados pela cidade.


Website:




Setor de gastronomia tem vestibular mais disputados do que medicina

A rotina na cozinha não era a que os pais de Ludmila Ribeiro sonhavam para ela. A estudante até começou a cursar medicina, mas convenceu a família de que a gastronomia é uma paixão que pode dar certo. “Eu queria fazer intercambio na faculdade, fazer cursos fora, me especializar e no futuro queria abrir um restaurante”, comenta a estudante.
Ludimila e Lucas Motta vão ser colegas a partir de março num dos mais novos cursos de gastronomia do Rio de Janeiro. “Com a Copa Do Mundo e a Olimpíada que vem aí, vai encher de turista e mais restaurantes no mercado, será cada vez melhor para a gente”, espera o estudante Lucas.
Pensamento assim pode explicar a grande procura por essa profissão no momento. Na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o curso de gastronomia desbancou o de medicina, tradicionalmente o mais concorrido no vestibular. Foram mais de 115 candidatos por vaga.
Hoje, 96 instituições de Ensino Superior oferecem o curso de gastronomia no Brasil. Há dez anos, eram quatro. Três universidades federais estão inaugurando o curso este ano. Elizabeth Guedes é reitora de um centro universitário ligado a um grupo americano. O novo curso de gastronomia é a menina dos olhos da instituição.
“A maior parte dos nossos investimentos está sendo feito nas nossas cozinhas. Nós temos todos esses eventos internacionais para acontecer, e todo nosso planejamento foi no sentido de prover essa mão de obra que o Rio de Janeiro precisa”, afirmou a reitora Elizabeth Guedes.
Segundo o Ministério do Trabalho, 8% dos empregos diretos gerados hoje no país vêm da gastronomia. São quase seis milhões de vagas, e vem muito mais pela frente.
“Tem colocação imediata no nosso banco de currículos. A vaga do chefe de cozinha dura duas horas e meia”, calcula Pedro de Lamare, presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio.
De um lado, está um mercado de futuro com promessa de gerar muitos empregos. Do outro, a necessidade de encontrar mão de obra capacitada para ocupar essas vagas. Aí entra a importância dos cursos nas faculdades. Agora, quem escolher essa profissão deve ter uma certeza: de que a realidade na cozinha não é para qualquer um.
“O glamour é realmente quando o prato vai à mesa, o cliente abre o olho e diz: ‘Nossa, que prato bonito’. Toda aquela decoração, cheiro e sabor que ele vai comer depois. Ali está o glamour, porque aqui na cozinha são 40°C a 50°C o dia inteiro”, conta o subchefe de cozinha Álvaro Osório.
Álvaro é subchefe e comanda a cozinha de um dos principais restaurantes do Rio. Fez faculdade no Brasil e especialização fora do país, em uma tradicional escola francesa. Trocou a nutrição pela gastronomia e está convencido de que acertou na escolha. “O sonho é sempre ser o chefe, mas tem muito caminho ainda”, observa Álvaro Osório.

Fonte G1


Torta ou Bolo de Bolacha

Ingredientes
6 ovos
12 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de chocolate do padre
250 g de gordura vegetal
1 pacote de bolacha maria de 500 g
Modo de preparo
Para o creme: Derreta a gordura vegetal e deixe amornar. Bata as claras em neve de preferência na batedeira, junte as gemas, o açúcar, o chocolate e, por último, a gordura derretida, batendo até ficar brilhante. Para a montagem: Coloque um pouco do creme no fundo de um pirex, molhe as bolachas em leite e vá forrando a forma, mais creme, outra camada de bolacha, creme, bolacha até chegar na borda, terminando com o creme. Por cima, coloque chocolate granulado e leve à geladeira. Depois, é só se deliciar.
Pronto! Agora, basta saborear esta delícia receita de Torta ou Bolo de Bolacha.




Esfiha Vegana


Com esta receita você vai poder preparar uma deliciosa Esfiha completamente Vegana, o sabor não deixe nada a desejar, é maravilhoso, com certeza você vai adorar preparar esta receita de Esfiha Vegana.

Ingredientes:
250 gramas de Farinha de trigo Integral
250 gramas de Farinha de trico branca
1 colher de (sobremesa) de açúcar
1 colher de (sobremesa) de Sal
2 xícaras PVT temperada a gosto
1 tablete de fermento para pão
300 ml de Água morna
100 ml de Óleo vegetal
Modo de preparo:
Pode usar a farinha que preferir seja integral ou branca. Em uma tigela grande dissolva o fermento no açúcar e no sal. Coloque metade da água e o óleo adicionando a farinha de trigo por último e aos poucos com o restante de água. Mexa com as mãos. Sove a massa numa mesa ou pia enfarinhada, separe 20 bolinhas pequenas. Abra cada bolinha, recheie e feche, formando pequenos triângulos. Deixe as esfihas descansarem por 20 minutos. Coloque-as em uma assadeira sem untar e leve para assar em forno médio por 15 minutos tirar quando começar a dourar.
Pronto! Agora, basta saborear esta delícia receita de Esfiha Vegana.

Fonte: http://www.clickgratis.com.br